Região

Alça de acesso ao Rodoanel no Branca Flor volta a ser discutida ainda neste mês em Itapecerica da Serra

 

A abertura da alça de acesso do Rodoanel próximo ao bairro Jardim Branca Flor, na Rodovia estadual Armando Sales, deve estar mais próxima de se tornar realidade na cidade de Itapecerica da Serra. Ainda neste mês de junho o secretário estadual de Parcerias e Investimentos, Rafael Benini deve vir à cidade para se reunir com o prefeito Francisco Tadao Nakano com objetivo de discutir a alça.

“Vou mostrar para eles aquele local perto do Santa Mônica, no Branca Flor, é mais prático e está quase pronto: só fazer mais 300 metros de rua, colocar as cabines e está resolvido. Não vai precisar desapropriar, colocar máquinas, será somente uma abertura mesmo”, explicou o prefeito Nakano. “Essa é a proposta que eu vou apresentar”, confirmou.

“No final do mês o secretário vem até Itapecerica pra podermos traçarmos o que é melhor, mais viável financeiramente e logisticamente, para aquela região do Rodoanel, porque quando o pessoal vem desemboca na BR-116, fazendo a alça, os carros começam a entrar em Itapecerica. Então serão carros e caminhões que não vão passar pela a BR”, afirmou Nakano.

 

O prefeito Nakano pleiteia o novo dispositivo de acesso ao Rodoanel, no Branca Flor. Neste local já passa o Rodoanel, mas não há acesso para quem mora nestes bairros.

Moradores de praticamente toda Itapecerica da Serra precisam sair da cidade, enfrentam muito trânsito na Rodovia Régia Bittencourt para enfim acessarem o rodoanel.

Alça de acesso no Crispim

A alça de acesso ao Rodoanel no bairro do Crispim está licitada. A construção da alça de acesso ao Rodoanel no Crispim tem custo aproximado R$ 24 milhões e prazo de 18 meses para conclusão, englobando ainda melhorias na José Simões Louro Junior do km 32,72 (Estrada do Crispim) ao km 33,42 (rua São Pedro).

Milhares de pessoas foram conferir os tapetes coloridos e cheios de criatividade em Itapecerica da Serra

 

Milhares de fiéis e moradores foram conferir os lindos tapetes confeccionados em comemoração ao Corpus Christi nas ruas centrais de Itapecerica da Serra, na quinta, 30 de maio. A tradicional celebração dos tapetes é um espetáculo à parte, as ruas foram tomadas por uma explosão de cores e criatividade.

Voluntários de todas as idades se reuniram desde as primeiras horas da manhã para confeccionar os tapetes. Os desenhos retratavam temas religiosos, símbolos cristãos e passagens bíblicas. A confecção dos tapetes é um momento de união comunitária e espiritualidade.

Foram confeccionados 48 tapetes, com a utilização de serragens coloridas e pedrinhas dolomitas. Os quadros foram montados pelas ruas do entorno do Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres e Divina Misericórdia, no centro da cidade.

A confecção dos tapetes contou ainda com a colaboração das escolas: Professor Massako Higashioka; Matilde Maria Cremm; E.E. Jardim Jacira; Joaquim Fernando Paes de Barros Neto; Colégio Mão Amiga; Poeta Angenor de Oliveira, além da Autarquia de Saúde e da empresa de paisagismo Uniflora.

A Santa Missa foi celebrada pelo Padre Alberto Gambarini, no Largo da Matriz, seguida da procissão.

Texto e foto procissão Departamento de Comunicação- PMIS

Dengo irá se instalar em Itapecerica da Serra com investimento de R$ 100 mi e gerar empregos

 

A fábrica brasileira de chocolates Dengo escolheu Itapecerica da Serra para ampliar sua produção. A empresa está se instalando num imóvel com mais de 19 mil m2 no bairro do Potuverá, que proporcionará uma capacidade de produção cinco vezes maior do que na sede atual, localizada no bairro de Santo Amaro, na capital paulista.

Com início de atividade projetado para maio de 2025, a unidade no município conta com um investimento de R$ 100 milhões e deverá gerar cerca de cem empregos diretos no primeiro ano, com possibilidade de mais 200 nos anos seguintes.

Na manhã da última quinta-feira, 13 de junho, uma comitiva da Prefeitura de Itapecerica da Serra visitou a unidade de Santo Amaro, para estreitar laços, conhecer o modelo de operação e se colocar à disposição para as tratativas na cidade. O head de Operações da empresa, Gustavo Raguzzani, recepcionou o prefeito Dr. Francisco Nakano, o chefe de gabinete Alan Ferreira e o diretor de Indústria e Comércio, Cristiano Melo.

A Dengo é uma marca de chocolates bean to bar reconhecida por ser um negócio de impacto social na cadeia cacau-chocolate; possui atualmente 41 lojas no país, além de duas unidades em Paris, capital da França.

Texto e foto Departamento de Comunicação PMIS

Itapecerica da Serra celebra 147 anos com show de Thaeme e Thiago no Valo Velho

 

Para marcar o mês de aniversário dos 147 anos de Emancipação Político-Administrativa do município a Prefeitura de Itapecerica da Serra trará à cidade a dupla sertaneja Thaeme e Thiago, nesta sexta, 24 de maio, a partir das 20h.

A festa acontece no Campo do Valo Velho, na Avenida Soldado PM Gilberto Augustinho. A entrada é totalmente gratuita nesta comemoração.

A dupla promete animar os Itapecericanos com diversos sucessos, dentre eles “Ai que dó”, “Cafajeste” e “O que acontece na Balada”.

Doe um quilo de alimento não perecível ao Fundo Social de Solidariedade.

Texto com informações Departamento de Comunicação PMIS / foto divulgação 

Bairros de Itapecerica da Serra estão com fornecimento de água interrompido

 
 
Todos os bairros da cidade de Itapecerica da Serra estão com o abastecimento de água interrompido nesta quarta-feira, dia 5 de junho. 
 
A Sabesp informou o desabastecimento, que ocorre devido a rompimento da adutora Embu / Itapecerica.
 
Em nota a Sabesp afirma “nosso pessoal de manutenção está no local, desde o horário que identificamos o rompimento da adutora, até o momento”, pontua.

Itapecerica da Serra celebra neste 8 de maio, 147 anos de Emancipação Político-Administrativa

 

Neste dia 8 de maio, a cidade de Itapecerica da Serra completa 147 anos de história, cultura e progresso. Para celebrar essa data especial, uma série de eventos festivos, como inauguração da UBS Potuverá, show com Taemi e Thiago, atividades culturais e turísticas estão programadas ao longo do mês.

Domingo, 5/5, a avenida XV de Novembro ganhou um brilho especial com o desfile cívico e os eventos não param por aí, dentre eles haverá na sexta, 24/5, show em comemoração ao aniversário da cidade com a dupla Thaeme e Thiago, 20 h. - Campo do Valo Velho. Av. Soldado PM Gilberto Augustinho.

Haverá inaugurações, como por exemplo, da E.M. Potuverá – 10h no dia 28/5, na Rodovia Regis Bitencourt km 293,8.

As festividades oferecem uma oportunidade para os moradores celebrarem o orgulho de pertencer a esta cidade vibrante. Além das celebrações, o aniversário da cidade também é um momento de reflexão sobre os desafios enfrentados no passado e as conquistas alcançadas ao longo dos anos.

O prefeito Dr Nakano destacou a importância de preservar a identidade cultural e promover o desenvolvimento para a cidade. "Os moradores acreditaram em uma administração nova e acredito que eles estão vendo que fizemos muitas coisas. Nós mudamos muito a realidade da cidade: hoje não é mais necessário chegar às 4h da manhã nas UBS’s para marcar exame. A cidade está mais alegre, mais turística: pela primeira vez tivemos o Natal iluminado. A cidade está mais respectiva. Itapecerica deixou de ser cidade dormitório, as pessoas dependem do emprego na cidade de SP, mas estamos aqui oferecendo uma gama de oportunidades para todos. Parabéns Itapecerica da Serra”, afirma o prefeito Dr Francisco Nakano.

A celebração do aniversário da cidade não apenas reforça os laços de união entre os moradores, mas também destaca o potencial de crescimento e desenvolvimento de Itapecerica da Serra para os próximos anos.

Histórico

Itapecerica da Serra é a cidade mãe de todos os municípios da região.

Itapecerica da Serra tem sua origem no século XVI, em um aldeamento fundado por padres jesuítas, sob a invocação de Nossa Senhora dos Prazeres.

A origem do nome “Itapecerica” provém do tupi-guarani, cujo significado é “pedra lisa”, ou “pedra escorregadia” (ita = pedra; pecerica = lisa, ou escorregadia). Inicialmente o termo era assim grafado: “Itapycyryca”. Conta a lenda que dois índios caminhavam sobre uma enorme pedra localizada no Centro de Cidade, quando um deles escorregou e disse: “ita!”; sendo que o outro respondeu: “pecerica!”, ou “pycyryca!”. A partir de então, segundo a lenda, o local ficou conhecido por este nome. A tal enorme pedra lisa ainda pode ser parcialmente vista na Rua Henrique Soter Fernandes, próxima ao Largo da Matriz, sendo que sobre ela estão construídas várias edificações.

No século XVII, o aldeamento cresceu com a chegada de índios trazidos de Carapicuíba pelo sertanista Afonso Sardinha, então proprietário da Fazenda Ubatatá (Butantã). Os índios ficaram sob a orientação do Padre Jesuíta Belchior de Pontes, que também atendia a aldeia “M´Boy”. Em 1689 a Capela de Itapecerica já contava com mais de 900 almas sob a proteção do jesuíta Diogo Machado.

O então núcleo indígena recebeu no século XIX as Colônias Alemã e Prussiana, influência notável em parte da arquitetura, culinária e na miscigenação do povo itapecericano.

Em 20 de fevereiro de 1841, Itapecerica da Serra foi elevada, pela segunda vez, à categoria de “Freguesia”, sendo o seu primeiro vigário o Padre Bento Pedroso de Camargo. Itapecerica anteriormente já tinha sido elevada à Freguesia, mas perdeu a posição por um Decreto de 21 de março de 1832.

Em 1877, através da Lei Provincial nº 33, de 08 de maio, foi Itapecerica elevada à categoria de vila, por ocasião da criação do Município de Itapecerica da Serra. Nessa data é comemorado o aniversário da cidade. Meses depois, em novembro, Itapecerica emancipou-se do Município de Santo Amaro, que hoje é um bairro do Município de São Paulo. Um ano antes de sua emancipação, Itapecerica contava com uma população de 4.896 habitantes, que ocupavam-se exclusivamente da cultura de cereais. Em 19 de dezembro de 1906, através da lei estadual nº 1.038 Itapecerica foi levada à categoria de cidade.

Inicialmente, o território de Itapecerica englobava as áreas onde hoje se encontram os Municípios de Taboão da Serra, Embu, Embu-Guaçu, Juquitiba e São Lourenço da Serra. Com passar dos tempos, estes distritos foram se emancipando, sendo que São Lourenço da Serra foi o mais recente a obter a emancipação político-administrativa, para se tornar Município.

O primeiro “Grupo Escolar” de Itapecerica foi criado em 22 de outubro de 1935 e recebeu o nome do Padre Belchior de Pontes.

Itapecerica, de acordo com o Decreto-Lei Estadual nº 14.335, de 30 de novembro de 1944, passou a denominar-se Itapecerica da Serra, para diferenciar-se do Município homônimo situado no Estado de Minas Gerais.

Fonte CMIS

© 2015-2023 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site