Região

Chuva alaga bairros em Itapecerica e Embu-Guaçu; menino morre após enxurrada em Juquitiba

Choveu muito e intensamente durante a noite de sexta (12) e a madrugada de sábado (13) de janeiro nas cidades da região, mais de 12 horas seguidas. Para se ter uma ideia da quantidade de chuva, Itapecerica da Serra registrou 144 mm neste período.
 
Várias ruas como a Cerro Largo do bairro Jardim Branca Flor em Itapecerica da Serra ficou embaixo d’ água. Em Embu-Guaçu o córrego transbordou na rua José Maria de Andrade, na região do Cipó, e alagou ruas dos bairros ao entorno e invadir as casas dos moradores.
 
O Hospital de Embu-Guaçu registrou danos após a forte chuva. Em Juquitiba um menino de 6 anos morreu após o carro em que estava ser arrastado pela enxurrada na estrada das Marrecas, após transbordamento do córrego.
 
Pontos de alagamentos, como na Régis Bittencourt, próximo à Polícia Rodoviária Federal, foram registrados.

fotos divulgação /
 Arquivo Pessoal/Alexandre Sousa

Final de semana tem festival de Inverno e Kiko Zambianchi em Itapecerica da Serra

 

Neste sábado e domingo, dias 5 e 6 de agosto, a Praça Porcino Rodrigues (Caixa D’água) receberá grandes atrações musicais no Festival de Inverno. 

O Festival de Inverno contará também com gastronomia de qualidade. Ocasião perfeita para o público aproveitar e reunir os amigos e a família.

Sábado dia 5:

- Allfour às 18 horas;

- Bastião às 20h30;

- The Soundtrackers às 22h30.

Domingo dia 6:

- Insônica às 17 horas;

- Kiko Zambianchi às 19h30.

O evento é uma iniciativa da Secretaria de Turismo em parceria com a Secretaria de Governo, Ciência e Tecnologia.

Segundo os organizadores, “todos os detalhes foram pensados para garantir a diversão e o bem-estar, tanto do público local, como o dos turistas que visitarem a cidade durante o evento.
Venha se divertir e se aquecer no Festival de Inverno de Itapecerica da Serra. Esperamos você”.

Serviço:
Festival de Inverno de Itapecerica da Serra
Datas: 5 e 6 de agosto
Horário: Das 14h à 0h
Local: Praça Porcino Rodrigues (Caixa D’água).

Itapecerica da Serra recebe premiação como referência no combate à tuberculose

 

A cidade de Itapecerica da Serra foi contemplada, na última terça-feira, 19 de setembro, com a maior honraria relacionada ao Programa de Combate à Tuberculose.

prêmio foi recebido pelo alto índice de cura da doença. Itapecerica da Serra teve 92% do total de casos com resultado positivo na eliminação do agravo superando, em muito, o decretado pelo Ministério da Saúde que é de 85% de casos curados.

Outro prêmio concedido à cidade foi na busca de casos entre os comunicantes de cada paciente diagnosticado com tuberculose; atividade que é fundamental para reduzir novas infecções pela doença. Neste quesito, o município atingiu 85% de examinados, acima de 70% esperados.

Além destas referências, também foi recebida a premiação pela qualidade do laboratório municipal, referência para toda a região, atendendo, além de Itapecerica da Serra, outras 8 cidades, com qualidade incontestável.

Por último, foi concedida a premiação pela qualidade de ações no CDP (Centro de Detenção Provisória), evitando que a doença se disperse por profissionais penitenciários, parentes e privados de liberdade.

"A Autarquia de Saúde de Itapecerica da Serra parabeniza seus servidores nesta luta incansável contra uma doença sorrateira e com alto índice de óbitos em nosso país". 

Sobre a Tuberculose 

A tuberculose é uma doença que se dissemina através dos pulmões com pessoas doentes transmitindo através da tosse, da fala ou do espirro para outras sadias. Quando a pessoa está com tuberculose, além de tosse persistente há dois ou mais semanas, podem manifestar febre, perda de peso e muita sudorese, principalmente à noite.

O diagnóstico é feito com um exame chamado baciloscopia que se realiza através da coleta de escarro do paciente e este exame pode ser realizado em todas as nossas Unidades de Saúde quando houver suspeita da infecção. A tuberculose tem cura e o medicamento é totalmente gratuito.

Texto e foto Departamento de Comunicação PMIS 

Emprega Taboão realiza seleção com mais de 200 vagas esta semana

 
O Emprega Taboão, serviço da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SDE) de Taboão da Serra, em parceria com o Grupo Muffato, realiza nesta terça, quarta e quinta-feira, dias 17, 18 e 19/10, processos seletivos para o preenchimento de mais de 200 vagas para a unidade Max Atacadista do Butantã. As seleções serão das 08h30 às 11h e das 14h às 17h, na Rua Carlos Lisdegno Carlucci, 519, Jardim Peri Peri – São Paulo (altura do 3.300 da Av. Eliseu de Almeida – antigo Makro).
 
As oportunidades são para ampla concorrência e pessoas com deficiência (PCD), sem restrição quanto ao sexo, para os seguintes cargos: Operador de Loja (50 vagas); Repositor (76 vagas); Agente de Prevenção de Perdas (16 vagas); Açougueiro (15 vagas); Auxiliar de Padaria (15 vagas); Ajudante de Armazenamento (15 vagas); e Zelador (15 vagas).
 
As vagas efetivas, para trabalhar em regime de escala 6x1, das 14h às 22h30. O salário é a partir de R$1.790,00 e são oferecidos os benefícios de VT, VA e SV.
 
Para participar é necessário ter 18 anos ou mais, ser alfabetizado e não é preciso ter experiência na função.
 
Interessados devem comparecer munidos de documento oficial com foto, comprovante de residência, carteira de trabalho (física ou digital), currículo atualizado e caneta.
 
“A nova unidade da rede Max Atacadista trará ainda mais desenvolvimento para a nossa região. Em nome do prefeito Aprígio, agradeço a parceria que possibilitará o ingresso de muitos taboanenses no mercado de trabalho”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Wanderley Bressan.
 
Sobre o Grupo
O Max Atacadista é a bandeira de atacarejo do Grupo Muffato, que permite ao consumidor comprar mais produtos pagando menos, por meio da oferta do preço de atacado direto ao consumidor. O Grupo Muffato está entre as maiores redes varejistas do país e atua em 39 cidades entre Paraná e São Paulo e emprega aproximadamente 19 mil colaboradores diretos.
 
Serviço:
Processo seletivo – Max Atacadista
Dias 17, 18 e 19/10
Horários: das 08h30 às 11h e das 14h às 17h
Local: Rua Carlos Lisdegno Carlucci, 519, Jardim Peri Peri – São Paulo (altura do 3.300 da Av. Eliseu de Almeida – antigo Makro)
 
Texto Vera Sampaio e foto divulgação
 

Obras na Rodovia José Simões Louro Jr são discutidas em reunião

Um encontro organizado pelo prefeito Dr. Francisco Nakano e o vereador Soares reuniu representantes do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e da empresa executora da obra na SP – 214 para discutir o andamento das obras na Rodovia José Simões Louro Júnior. 
 
“É uma obra importante para o futuro da região, uma área que cresce e já é extremamente populosa. Essa ação resolve uma série de problemas naqueles bairros, como a mobilidade e o saneamento”, disse Dr. Nakano.
 
Segundo os representantes do DER e da empresa executora, as obras devem ser entregues em dezembro. “Entendemos que o projeto está gerando transtornos para a população local, mas os ganhos serão relevantes após a entrega”, informou o DER.
 
O projeto na Rodovia José Simões Louro Júnior (SP – 214) prevê uma via totalmente revitalizada e ampliada, além de benfeitorias em sinalização, tubulações de água e esgoto no trecho que liga o Crispim à Vila Calú.
 
Presente na reunião, o secretário Carlos Tinoco (Obras e Serviços) destacou também outro ganho para o município. “Ficou acordado ainda que o DER fará melhorias na região da Rua Jerusalém, no Crispim; um custo a menos para Prefeitura”, disse. 
 
Para o vereador Soares é essencial o diálogo com a população e o acompanhamento próximo aos responsáveis da iniciativa. “É nosso papel como vereador ser mediador entre a comunidade, a Prefeitura e os demais órgãos. Pedimos a reunião e iremos organizar um encontro com uma comissão de moradores e a empresa, que demonstrará o projeto”, contou o edil.
 
Texto e foto Departamento de Comunicação PMIS

Aprígio declara "não tem sentido Taboão da Serra fazer parte do Conisud"

 
O prefeito Aprígio declarou insatisfação com a falta de apoio dos prefeitos da região para a municipalização da Rodovia Régis Bittencourt e a sua vontade em deixar o Conisud, após a última reunião realizada na sexta, 18/8, no Hotel Terras Altas em Itapecerica da Serra. "Seguramente não tem sentido Taboão da Serra fazer parte do consórcio", declarou. 
 
"Eles (os prefeitos das cidades da região) tem uma necessidade diferente e eles querem fazer uma medida universal, mas não vale dizer que o problema de uma cidade é igual da outra, cada uma das oito cidades, tem sua particularidade. Taboão da Serra tem uma necessidade diferente. Quando falo em municipalizar a BR, não é porque o Aprígio quer, ou somente eu que vi a necessidade da mundialização", disse.
 
Segundo ele, os ex-prefeitos também viram essa necessidade. "O próprio Embu das Artes está obstruindo o processo de municipalização. Eles não apoiam. O mais prejudicado com o trânsito é a cidade de Embu. Não é somente a saída, mas a entrada também e eu fui obrigado a dizer umas verdades para alguns para que eles possam cuidar da casa deles, principalmente Embu tem costume de cuidar da vida dos outros e esquecer da deles. A cidade deles é pior no sentido do trânsito. Eles não resolvem o problema deles e não deixam a gente resolver o nosso", reclamou.
 
Aprígio declarou que a municipalização não dependa do apoio do Conisud. "O próprio governo federal está sabendo que a picuinha é política e o governo não quer proteger uma ou outra cidade e não vejo essa condição de eles falarem não vai fazer", exclamou.
 
Por fim, Aprígio declarou que enquanto as obras federais não forem realizadas em Embu, Taboão da Serra não pode ficar sofrendo consequências "dos contratos maus feitos antigamente e que não deu resultado. Temos várias empresas que querem se instalar as margens da BR e não conseguem porque a rodovia é federal. Não podemos ficar nessa situação", pontuou.
 
 Foto divulgação Facebook 

© 2015-2023 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site