Transporte

Leia Mais...

 Aprígio prorroga auxílio emergencial para condutores escolares de Taboão

O auxílio emergencial para representantes da Associação dos Condutores Escolares foi prorrogado pelos próximos três meses, por mês R$ 500. O anúncio foi feito pelo prefeito Aprígio após reunião na quinta, dia 10 de junho.

Além da entrega de cestas básicas para condutores e monitores. Mais de 200 serão beneficiados. “Com a não retomada das aulas presenciais nas nossas escolas, a categoria do Transporte Escolar continua sofrendo. Por isso, mesmo com as dificuldades financeiras da prefeitura e com a dívida milionária herdada da gestão passada, me reuni novamente com as líderes da Associação para renovar o compromisso de manter o auxílio aos transportadores”, comentou.

Com a suspensão das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares por causa da pandemia da Covid-19, a categoria do Transporte Escolar foi uma das primeiras a parar as atividades. Por isso, no início do ano, a prefeitura se reuniu com representantes da ACETS e enviou um Projeto de Lei (PL) à Câmara Municipal de Vereadores para a concessão do auxílio emergencial a pouco mais de 200 condutores. O Legislativo, por sua vez, sensível a questão aprovou o pedido por unanimidade, o que permitiu a concessão do benefício nos meses de fevereiro, março e abril, além da entrega de cestas básicas para permissionários e monitores.

Vacinação

Outra reinvindicação da categoria é a inclusão dos condutores entre os grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19. O pedido foi acolhido pela Secretaria de Saúde e os permissionários serão vacinados assim que o município tiver doses disponíveis.

A reunião realizada na quinta-feira, 10/06, contou com a presença dos secretários de Manutenção Dr. Eduardo Nóbrega, de Planejamento Betinho Buscarini, além do presidente da Câmara de Vereadores Carlinhos do Leme e dos vereadores Gallo e Nezito.

Texto com informações Ana Rodrigues e foto Ian de Freitas/PMTS

Leia Mais...

Condutores escolares de Taboão recebem até abril auxílio emergencial da Prefeitura

Os condutores de veículos escolares da cidade de Taboão da Serra, de fevereiro a abril vão receber auxílio emergencial no valor de R$ 800 e cesta básica - benefício que também será concedido aos respectivos monitores. A categoria foi uma das que mais se prejudicou devido ao fechamento das escolas no decorrer de toda a pandemia causada pelo coronavírus.  

 
 O auxílio foi prorrogado. Em outubro de 2020 uma Lei do executivo contemplava os condutores com auxílio emergencial no mesmo valor. Foram três parcelas, até o final do mandato do ex-prefeito, Fernando Fernandes.
 
 A Lei 08/2021, de iniciativa do executivo, coloca algumas regras para que os condutores recebam o auxílio e a cesta é necessário que os profissionais esteja licenciado regularmente pela Prefeitura da cidade; não possua qualquer outra fonte de renda formal, seja inscrito na condição de Micro Empreendedor Individual (MEI), entre outras.
 
A Lei afirma se após o recebimento de qualquer valor referente ao auxílio, for constatada qualquer irregularidade pela Prefeitura o beneficiário, além de responder administrativa, civil e penalmente, estará sujeito a devolução do valor, acrescido de correção monetária, juros de 1% ao mês e multa equivalente a 50% do valor recebido.   
 
O executivo informou na Lei que para atender às despesas, abrirá crédito especial, adicional ao orçamento do atual exercício, no valor de R$ 703.428, 00 mil.
 
 A Lei foi aprovada pelos treze vereadores na sessão desta terça, dia  9 de fevereiro. 
 
Foto divulgação Ricardo Vaz / PMTS
Leia Mais...

Taxistas e motoristas escolares de Taboão são isentos da taxa de licenciamento

A Prefeitura de Taboão da Serra decidiu estender aos proprietários de veículos licenciados para o serviço de Táxi e de Transporte Escolar, a isenção da taxa de licenciamento, de acordo com o decreto nº70 de 2021 que autoriza a Secretaria Municipal da Fazenda a prorrogar de ofício os benefícios fiscais concedidos pela Lei Complementar nº 367/2020. 

 
O documento considera a vigência do decreto anterior, o nº68 de 21 de março de 2020, que reconheceu o Estado de Calamidade Pública no Município de Taboão da Serra e dispôs sobre outras providências para enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19). Para o prefeito Aprígio a ação é essencial e não poderia ser diferente.
 
“A pandemia não acabou e as medidas para garantir o mínimo para as pessoas tem que ser tomadas, estamos trabalhando duro para salvar vidas, manter e criar empregos, combater a fome e tudo o que estiver ao nosso alcance será feito”, disse. 
 
A lei complementar nº 367/2020, concedeu aos proprietários de veículos licenciados no município para o serviço de Táxi e respectivos prepostos, bem como aos prestadores de serviço de Transporte Escolar, pessoas físicas ou jurídicas, remissão e isenção de tributos incidentes sobre tais atividades, vencidos ou a vencer e cujo fato gerador tenha ocorrido no período de vigência do Estado de Calamidade Pública. 
 
O benefício agora se mantém como explica secretário Transportes e Mobilidade Urbana, José Vanderlei Santos. “Os benefícios consistem no perdão ou isenção de taxas, ou seja, benefícios fiscais, que foram concedidos inicialmente no ano passado e irão ser mantidos para aqueles que se encaixam neste modelo terão o benefício de não precisar recolher para desenvolver com regularidade as suas atividades, o que mesmo que por via indireta não deixa de ser um aporte financeiro neste momento tão delicado”, contou. 
 
Vanderlei afirmou ainda que a ação “é o resultado do trabalho do prefeito Aprígio, de um turno que não cessa, pensando sempre na parte mais necessitada da população, nosso desejo é que a iniciativa ajude o maior número de pessoas possível”, explicou. 
 
Texto Ana Rodrigues e foto Ian de Freitas/PMTS
Leia Mais...

Aprígio discute instalação de linha de ônibus que ligará Taboão da Serra à Linha 4-Amarela do Metrô

 

O prefeito de Taboão da Serra, Aprígio, recebeu na tarde de sexta-feira, 07/01, uma comitiva de representantes do Governo do Estado de São Paulo, do Metrô e das empresas ViaQuatro e ViaMobilidade. Em pauta estava a apresentação dos projetos para implantação da linha de ônibus que ligará o Largo de Taboão à recém-inaugurada estação de Metrô Vila Sônia.

De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana (SETRAM), a vida dos munícipes de Taboão da Serra será facilitada a medida que haverá redução no tempo de deslocamentos. Hoje, quem precisa chegar do Largo do Taboão à Luz, leva em média 1h10, as vezes mais dependendo do horário. Com o início das operações da linha de extensão, a previsão é que o trajeto seja concluído em 40 minutos.

À ocasião, o prefeito Aprígio solicitou urgência na instalação. “A chegada dessa linha de extensão que ligará Taboão da Serra à Linha 4-Amarela é uma vitória para todos os taboanenses. Pedi aos responsáveis para que essa operação comece o quanto antes e que tenhamos o trajeto em funcionamento ainda nesse trimestre. A proposta é que os ônibus não façam paradas até a estação Vila Sônia. Segundo estudos, a previsão do Metrô é uma demanda de mais de três mil usuários por hora”, explicou Aprígio.

O secretário José Vanderlei dos Santos reforçou o empenho da pasta para a conclusão dos trabalhos. “O prefeito Aprígio gostou das apresentações do projeto e determinou à SETRAM que empenhe todos os esforços para auxiliar no levantamento das informações técnicas necessárias. Solicitou ainda que as empresas envolvidas considerassem a possibilidade de viabilizar o transporte sem custo adicional aos usuários da linha de ônibus, tanto na ida para o terminal do Metropolitano, quanto na volta, para o município de Taboão da Serra. Ao final, os componentes das equipes estabeleceram uma agenda de trabalho que acelere ao máximo o levantamento de dados e início das obras que se fizerem necessárias”, declarou.

Além do prefeito Aprígio e dos secretários Municipais de Transportes e Mobilidade Urbana José Vanderlei dos Santos e Ruy Polleto Osório, participaram da reunião Adailton Ferreira Trindade e Paulo Shibuya, da Comissão de Monitoramento de Concessões e Permissões (CMCP) da Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo; Maurício Dimitrov, diretor da ViaQuatro; e Thais Fernanda Adami Noronha, representante da ViaMobilidade.

Texto Secom e foto Ian de Freitas - Secom /PMTS

Leia Mais...

3ª Parcela do auxílio emergencial aos transportadores escolares é paga pela Prefeitura de Taboão

A Secretaria da Fazenda de Taboão da Serra pagou nessa sexta-feira, 23/04, a terceira parcela do auxílio emergencial para os permissionários do Transporte Escolar. O benefício foi concedido à categoria nos meses de fevereiro, março e abril após o prefeito Aprígio enviar um projeto de Lei à Câmara Municipal de Vereadores. 

O Prefeito Aprígio falou sobre a concessão do auxílio.  “Com a suspenção das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares, a categoria do Transporte Escolar foi uma das primeiras a parar as atividades. Me reuni com representantes da categoria e  enviamos um Projeto de Lei a Câmara. Os vereadores, por sua vez, sensíveis a questão, aprovaram nosso projeto por unanimidade, o que nos permitiu realizar o pagamento do Auxílio Emergencial de R$800,00 aos condutores e a entrega de cestas básicas para permissionários e monitores”, declarou.

O Projeto de Lei enviado pela Prefeitura a Câmara de Vereadores, deu origem a Lei Ordinária 2.363/2021, que possibilitou o pagamento do auxílio emergencial a pouco mais de 200 condutores do Transporte Escolar, além da entrega de cestas básicas para permissionários e monitores. Ao todo, foram entregues 1300 cestas.

Para Elaine Borgheti, uma das diretoras da Associação dos Condutores Escolares de Taboão da Serra (ACETS), o auxílio chegou em boa hora. “Esse auxílio tem ajudado e muito a categoria. Como o transporte escolar é nossa única fonte de renda, os transportadores estão sem nenhum tipo de benefício. Então, esse valor veio ajudar e muito”, afirmou.

Texto Vera Sampaio e foto Ian de Freitas/PMTS

 
Leia Mais...

146 viagens são acrescentadas em 7 linhas de Itapecerica da Serra e Embu das Artes

 
 
Um aumento no número de ônibus e viagens em sete linhas intermunicipais que atendem os municípios de Itapecerica da Serra e Embu das Artes, com destino final ao Metrô Capão Redondo, em São Paulo, e ao Terminal Metropolitano Cotia começou a valer neste sábado, 8 de outubro, informou a EMTU.
 
As linhas operadas pelo Consórcio Intervias foram reforçadas com doze ônibus a mais e contarão com acréscimo de 36 viagens em dias úteis, 24 aos sábados e 86 aos domingos, representando, ao todo, um aumento de 146 viagens e beneficiando cerca de 45 mil passageiros por dia.
 
Quatro linhas tiveram acréscimos de partidas em dias úteis, entre elas a 239 que recebeu três ônibus e mais 27 viagens de segunda a sexta-feira.
 
Abaixo, a relação das linhas que receberam acréscimo de ônibus e partidas:
 
001 - Itapecerica da Serra (Parque Paraíso)/São Paulo (Metrô Capão Redondo)
 
193 - Embu das Artes (Jardim Santa Tereza)/ São Paulo (Metrô Capão Redondo)
 
237 - Itapecerica da Serra (Jardim São Pedro)/ São Paulo (Metrô Capão Redondo)
 
239 - Itapecerica da Serra (Jardim São Marcos)/ Cotia (Terminal Metropolitano Cotia)
 
451 - Itapecerica da Serra (Jardim Branca Flor)/ São Paulo (Metrô Capão Redondo)
 
484 - Embu das Artes (Jardim Batista)/ São Paulo (Metrô Capão Redondo)
 
531 - Itapecerica da Serra (Recreio Primavera)/ São Paulo (Metrô Capão Redondo)
 
"As reprogramações foram definidas com base nos acompanhamentos diários da Operação Monitorada, realizados pelo setor de fiscalização da EMTU, juntamente com informações obtidas no Centro de Gestão e Supervisão da empresa, que acompanha a operação dos ônibus intermunicipais em tempo real", disse em nota a EMTU.
 
Informações adicionais sobre os novos horários das linhas podem ser obtidas no site https://www.emtu.sp.gov.br ou no aplicativo da EMTU disponível para iOS e Android.
 
 

© 2015-2021 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site