logo site

Taboão da Serra

Podem esperar trabalho, empenho e disposição", afirmam Aprígio e Buscani, prefeito e vice eleitos em Taboão 

O prefeito eleito Aprígio (Podemos) e seu vice Buscarini concederam a primeira coletiva de imprensa na manhã desta quinta, dia 3 de dezembro. Eles se comprometeram a nomear técnicos para cada secretaria, nenhum nome foi divulgado, e fazer "um trabalho decente, transparente e eficaz. Podem [os eleitores] esperar muito trabalho e empenho que estamos com muita disposição". 

 
Questionado quais são as primeiras ações na área da Saúde, Aprígio afirmou que irá entrar com muita disposição, força e dedicação afim de melhorar e resolver as questões da área. 
 
"Entrando na Prefeitura o mais rápido possível pretendo equipar, dar condições para trabalharem e melhorar a saúde e segurança. Vai ser um trabalho muito difícil no início, mas vamos dar atenção para melhorar logo nos primeiros dias de governo". 
 
* Trabalho com a Câmara
 
Ele defendeu trabalho em conjunto com os vereadores, dos 13, oito foram eleitos, pela coligação do seu adversário Engenheiro Daniel, "para garantir melhorias para a cidade". 
 
Com o valor de R$ 840 milhões do Orçamento para o ano que vem, que precisa ser votado este ano pelos vereadores, Aprígio afirmou que "dará para fazer um bom trabalho". 
 
*Regional no Pirajuçara
 
Ele anunciou uma regional no Pirajuçara com o comando de seu vice, Buscarini afim de valorizar a região. "Vamos fazer uma extensão do gabinete do prefeito. Esperamos levar um braço do Atende para que as pessoas tenham facilidade para acessar [os serviços]. Vamos fazer uma Prefeitura moderna", frisou Buscarini. 
 
* Mobilidade Urbana e privatização da Rodovia Régis Bittencourt 
 
"Tivemos uma conversa ontem com um deputado muito amigo do presidente Bolsonaro sobre a privatização da Rodovia Régis Bittencourt. Até o final deste ano vamos fazer uma reunião com o governo Federal para a privatização. Privatizando, vamos mexer com o trânsito da BR. Grande obra será feita em Embu, perto do Rodoanel". 
 
Sobre a mobilidade, Aprígio declarou que "vai trabalhar muito para fazer uma mobilidade urbana para os cadeirantes que precisam andar pela cidade. Obras interessantes para ajudar essas pessoas". 
 
* Emprego
 
 "Vamos tentar atrair novas empresas. Talvez criar incentivos, convidando algumas empresas para virem para cá para gerar emprego e renda para nossa cidade". 
 
* Habitação  
 
 "Temos hoje por volta de 15 mil famílias sem sua casa própria. A Prefeitura durante todos esses anos não construiu nenhuma moradia para ninguém. Temos interesse sim em moradia de interesse social, buscar recursos com os governos federal e estadual, além de parceiras para construir moradias para pessoas de baixa renda na cidade".  
 
* Transição de governo
 
“Estamos fazendo uma transição bem pacífica. É o que a gente quer fazer, apesar de que o prefeito ainda não permitiu a gente entrar na Prefeitura”, disse Aprígio. 
 
A equipe de transição do prefeito eleito é composta por dois ex-secretários do governo anterior de Evilásio Farias: Antônio Rodrigues do Nascimento (que ocupava a secretaria de Assuntos Jurídicos) e José Alberto Tarifa (que era secretário de Saúde de Farias e de Ney Santos, prefeito reeleito em Embu). 
 
Dois advogados Matheus Barbosa de Almeida Mota e Wagner Luiz Eckstein Júnior e o vereador Eduardo Nóbrega (MDB). 
 
* Emendas
 
Aprígio afirmou que antes de se desligar do cargo de deputado estadual, destinou R$ 5 milhões de emendas para a cidade.

© 2015-2020 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site