logo site

Taboão da Serra

Jovem realiza pesquisa em Taboão e Itapecerica sobre o ensino publico a distância

O ensino a distância tem sido um grande desafio para os alunos e os professores durante esta quarentena devido ao novo coronavírus. Dados do projeto "Fronteiras Educacionais" apontam que alunos alcançados das cidades de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu das Artes com a pesquisa mostraram que este tipo de ensino "é estressante, desgastante e cansativo", já os professores tem encontrado dificuldades "em conciliar as atividades profissionais com as de casa, mas estão se adaptando". 
 
O jovem Matheus Hengles, de 17 anos estudou ensino fundamental e médio na escola Salvador de Leone em Itapecerica e é dele a iniciativa de pesquisar sobre as adaptações, dificuldades e desafios do ensino a distância. Hengles também realiza palestras motivacionais sobre vivências educacionais, ensino no exterior, entre outros assuntos. 
 
A pesquisa demonstra que 90% dos alunos e professores entrevistados acreditam que "grupos com professores acostumados com aulas a distância iram ajudar no ensino". 80% deles apontam "que palestras educacionais seriam um instrumento benéfico para os estudantes". 
 
De acordo com o jovem a pesquisa "buscava coletar informações e sugestões que serão usadas para amenizar os efeitos negativos que o ensino a distância possui em algumas regiões", explicou.
 
Palestra 
 
50% do valor arrecadado será revertido para comprar cestas básicas para famílias carentes. As palestras serão online confira como adquirir ingresso e para formulário de inscrição. 
 
 
Link para o fórmulario (necessário preencher para participar): https://forms.gle/EA9EjEYXv6esmkaN9


© 2015-2020 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site