Taboão da Serra

Escolas infantis de Taboão da Serra começam a receber laboratórios móveis

 

As trinta e três Escolas Municipais Infantis de Taboão da Serra começaram a receber laboratórios móveis. A Prefeitura afirma que cada laboratório móvel está equipado com 30 Ipads, cada um deles com 30 aplicativos educacionais.

“A ideia é trazer novas tecnologias para uso em sala de aula, além de permitir que professores e alunos tenha à disposição novas formas de explorar o desenvolvimento intelectual e facilitar o processo de aprendizado”, informa a Prefeitura de Taboão da Serra.

Segundo o prefeito Aprígio, investir nas crianças e na educação é pensar em um futuro melhor. “Nossa administração tem um compromisso de transformar Taboão da Serra no município que mais investe em tecnologia para auxiliar no processo educacional. Por isso, estamos começando com a entrega dos laboratórios móveis para as escolas de Educação Infantil. Outras ações que beneficiarão alunos e professores já foram anunciadas durante o Encontro de Gestores e serão realizadas em breve”, explicou.

A secretária de Educação, Dirce Takano destacou que as novas tecnologias já fazem parte do cotidiano da maioria das crianças e os que os investimentos permitirão novas possibilidades. “Este investimento que a gestão está fazendo, dando ênfase agora para a Educação Infantil,é para garantir que nossos alunos que ficaram ausentes da escola durante quase dois anos possam também se apropriar desta tecnologia para o aprendizado”, afirmou. “Na entrega dos laboratórios, entregamos os tablets ligados e percebemos que as crianças já vão percorrendo o dedinho, escolhem os personagens que lhes são familiares e começam a brincar. Então, não dá pra falar que a tecnologia está distante, ela está muito próxima das crianças e agora poderão utilizar estes equipamentos nas escolas”, concluiu a secretária.

A EMI Franjinha, no Jardim Record, foi uma das primeiras escolas a receber o laboratório móvel. “Foi uma emoção muito grande saber que as crianças a partir de hoje terão a tecnologia realmente nas mãos e saber que o momento que nós vivemos hoje de pandemia, de atividades remotas, da tecnologia batendo em casa, ter a tecnologia dentro da escola para oferecer as crianças é algo maravilhoso”, disse a diretora Joyce Ferreira. “Sei que o desenvolvimento deles vai ser ainda maior a partir disso, que as professoras terão um meio de ferramenta maior para poder trabalhar e trazer o conhecimento para as crianças”, finalizou.

Texto com informações Vera Sampaio e foto Ian de Freitas / Secom PMTS

© 2015-2021 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site