logo site

Saúde

Importância da vacinação contra o Sarampo e mais de 34% aplicados na Saúde são debatidos em Taboão

A importância da vacinação para a proteção de diversas doenças, especialmente contra o Sarampo foi levantada pela secretaria de Saúde Raquel Zaicanner durante a audiência pública realizada na última sexta, 28 de fevereiro. Ela lembrou que em pleno sábado ‘D’ da campanha contra o Sarampo (22), as UBS’s ficaram vazias, movimento baixo. “Nossa cobertura vacinal dos bebês até 15 meses está em 98%. Agora entre os jovens – 15 a 29 anos – nunca é 95% de cobertura”, disse. Em 2019 Taboão registrou 54 casos confirmados da doença. Neste ano 15 casos. Raquel afirmou que este número de casos está dentro da normalidade. 

Na audiência também foi apresentado que no terceiro quadrimestre de 2019, o total gasto na saúde da cidade foi de R$ 173.278.873,62, o que corresponde a 34,47% do orçamento, percentual maior que o mínimo exigido por lei que é de 15%.

Em relação aos atendimentos, consultas e procedimentos a rede municipal realizou 1.132.278. No Centro de Referência da Mulher ocorreram 15.240 atendimentos. Ao todo foram realizados 53.537 consultas, entre outros procedimentos no Centro de Especialidades Médicas.

Na Coordenadoria da Mulher foram 200 novos casos, sendo que no total de atendimentos em geral foram 1.492. O terceiro quadrimestre de 2019 foi marcado por 166.797 atendimentos nos Pronto Socorros Antena, Infantil e na UPA Akira Tada.


A Dengue também foi tema da audiência. Taboão teve apenas um caso confirmado e 18 notificados no terceiro quadrimestre do ano passado. Resultado positivo, que segundo Raquel é oriundo das Operações realizadas pela Prefeitura que orienta moradores e recolhe entulhos pelos diversos bairros da cidade. 


Entre os assuntos debatidos na audiência estava o alto número de trotes que passam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). No terceiro quadrimestre foram 10.795 chamadas e 1.681 trotes.  

Balanço da Audiência Pública 

“Quero destacar três pontos que me chamaram atenção nessa Audiência Pública, a participação popular, não só dos presentes aqui na Câmara, mas principalmente através do Facebook que fizeram intervenções coerentes, com críticas construtivas. Finalizamos de maneira muito importante tranquilizando a nossa cidade com relação ao Coronavírus. Aueremos para a cidade, uma evolução em nosso sistema”.   

A secretária de Saúde, Dra. Raquel Zaicaner ressaltou a qualidade das informações. “A Audiência Pública além de ser um compromisso legal, é uma oportunidade de colocar o que a Saúde tem feito em prol da saúde de todos os habitantes. A audiência pública foi muito boa, acho que temos amadurecido nesse processo desde a primeira audiência pública em 2013 pra cá, temos sido mais ágeis, mesmo sendo audiências que demoram, mas o número de informações e a qualidade das intervenções estamos aprendendo nesse processo”. 

Com informações Assessoria de Imprensa da Câmara

© 2015-2020 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site